Dúvidas Mais Frenquentes:

 

Para os Cursos Técnicos o valor da inscrição é de R$ 35,00 (trinta e cinco reais). O valor da inscrição para os Cursos de Graduação é de R$ 70,00 (setenta e cinco reais)

 

 

Não. O Instituto Federal de Rondônia é uma instituição pública e gratuita, por isso não cobra mensalidade.

 

 

Para concorrer aos Cursos Técnicos Integrados é necessário que o candidato possua o Ensino Fundamental completo e aos Subsequentes ao Ensino Médio e de Graduação oferecidos é necessário que o candidato tenha concluído o Ensino Médio.

 

 

O ingresso no IFRO é realizado apenas através de Processo Seletivo, no qual o aluno realiza uma prova e é classificado de acordo com sua nota.
O IFRO destinará 50% de suas vagas para os alunos oriundos de escolas públicas e autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Destas vagas, metade serão para alunos com renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa.
Dos outros 50% das vagas, serão distribuídas da seguinte forma:

Cursos Técnicos Integrados: 45% das vagas são destinadas a ampla concorrência e 5% para pessoas com deficiência;

Cursos Técnicos Subsequentes: 30% das vagas são para ampla concorrência, 5% para pessoas com deficiência e 25% para o SISUTEC;

Cursos de Graduação: as vagas são divididas em dois grupos da seguinte forma:

  • 50% (primeiro grupo) de suas vagas para os alunos oriundos de escolas públicas e autodeclarados pretos, pardos e indígenas. Destas vagas, metade serão para alunos com renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa;
  • 50%(segundo grupo) parap SiSU, pessoa com deficiência e ampla concorrência. Destas 50%(segundo grupo) são destinadas ao SiSU, 5% pessoas com deficiência, 45% para ampla concorrência.


 

O curso Técnico Subsequente é um curso de nível médio. Para cursá-lo, o aluno precisa ter concluído o Ensino Médio. Tem duração de 2 anos e é uma excelente oportunidade para uma profissionalização rápida e adequada às exigências do mundo do trabalho. O concluinte receberá o diploma de técnico de Nível Médio, podendo prosseguir seus estudos em nível superior.
O curso de Graduação é um curso destinado aos candidatos que já concluíram o Ensino Médio. Será ofertado nas modalidades de Licenciatura e Bacharelado. Após a conclusão do curso, o graduado receberá o diploma de Bacharel ou Licenciado e estará apto para continuar os estudos em nível de pós-graduação ou sua inserção no mercado de trabalho.

 

 

O Processo Seletivo Unificado 2014/1 será realizado em uma única etapa, que consistirá da aplicação de prova objetiva com 50 questões de múltipla escolha para o Curso Técnico Subsequente, e prova objetiva com 60 questões de múltipla escolha e redação para os Cursos de Graduação.

 

 

Para se inscrever no Processo Seletivo, o candidato deverá observar as seguintes ETAPAS E PERÍODOS:

1ª etapa - preenchimento da Ficha de Inscrição

No período de 1 de outubro a 3 de novembro de 2013, o candidato deverá acessar o site www.ifro.edu.br, e preencher a Ficha de Inscrição, fornecendo os seus dados pessoais e indicando o curso em que pretende estudar. Lembrando que o candidato é o único responsável pelo preenchimento dos dados no processo de Inscrição.

2ª etapa - pagamento da taxa de inscrição

O candidato que não for beneficiado com a Isenção de Taxa de Inscrição deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 70,00 (setenta reais) para cursos de graduação e R$ 35,00 (trinta e cinco reais) para o curso técnico em informática subsequente ao ensino médio. As inscrições somente serão efetivadas após confirmação do pagamento do boleto bancário.

 

 

SIM, no Processo Seletivo é obrigatório que todos os candidatos tenham o número de Cadastro de Pessoa Física (CPF).

 

 

De acordo com a Receita Federal, deve-se procurar uma agência conveniada: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Correios. O custo para solicitação de CPF é de aproximadamente R$ 5,70. São necessários os seguintes documentos:

  1. Maiores de 16 anos
    • documento de identificação da pessoa a ser inscrita, que comprove naturalidade, filiação e data de nascimento (ex: carteira de identidade ou certidão de nascimento);
    • para brasileiros com idade dos 18 aos 69 anos: título de eleitor, ou qualquer outro documento que comprove o alistamento eleitoral ou sua não-obrigatoriedade;

  2. Menores de 16 anos, tutelados, curatelados e outras pessoas sujeitas à guarda judicial:
    • documento de identificação da pessoa a ser inscrita, que comprove naturalidade, filiação e data de nascimento (ex: carteira de identidade, certidão de nascimento);
    • documento de identificação de um dos pais, tutor, curador ou outro responsável pela guarda em virtude de decisão judicial;
    • documento que comprove a tutela, curatela ou responsabilidade pela guarda, conforme o caso, de incapaz ou interdito.

  3. Quando a inscrição for solicitada por procurador:
    • documentos da pessoa a ser inscrita, de acordo com os itens "a" ou "b" acima;
    • documento de identificação do procurador;
    • documento do procurador que comprove sua inscrição no CPF;
    • instrumento público de procuração, ou instrumento particular com firma reconhecida (quando for lavrado ou tiver firma reconhecida no exterior, o instrumento deve ter sua validade reconhecida por repartição consular brasileira, salvo disposição contrária constante de lei, acordo ou tratado internacional).

  4. Quando a inscrição for solicitada por estrangeiro:
    • documento de identificação válido no seu país de origem, ou ainda: RNE/CIE (Registro Nacional de Estrangeiro/Cédula de Identidade de Estrangeiro), ou Passaporte, ou Protocolo RNE em que constem seus dados cadastrais.
    • os documentos de identificação apresentados por estrangeiros não precisam conter filiação, devem ter validade no país de residência e deverão ter tradução juramentada.

É POSSÍVEL FAZER A INSCRIÇÃO NO CPF PELA INTERNET.
Nesse caso o solicitante, obrigatoriamente, deve possuir Título de Eleitor.

Para mais informações acesse: http://www.receita.fazenda.gov.br.

 

 

A Isenção da Taxa de Inscrição destina-se ao Candidato que, em função de sua condição socioeconômica, possa ser impedido de concorrer ao Processo Seletivo do IFRO.

 

 

Poderá solicitar isenção da taxa de inscrição no período de 1 a 18 de outubro de 2013. Poderá solicitar isenção da taxa de inscrição, o candidato que:

  • a) comprovar renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio e escolaridade (ensino fundamental ou ensino médio) integralmente cursada em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada, nos termos da Lei nº 12.799, de 10 de abril de 2013; ou
  • b) estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto n º 6.593, de 02 de outubro de 2008.

Para solicitar a isenção o candidato, após finalizar a inscrição, deve realizar os seguintes procedimentos:

  • Acessar o site do IFRO;
  • Clicar em “EDITAIS/FORMULÁRIO”;
  • Clicar em “REQUERIMENTO DE ISENÇÃO DE TAXA”;
  • Preencher o requerimento online de Isenção de Taxa;

Para o candidato que desejar solicitar a isenção de taxa conforme descrito no item “a” deverá:

  • Digitalizar os documentos:
    • comprovante de renda descritos no item 2.2.8 do Edital 75 de 27 de setembro de 2013;
    • histórico escolar do Ensino Fundamental ou Ensino Médio;
    • e, no caso de bolsistas em escola da rede privada, documento comprobatório da situação de bolsista emitido pela escola onde estudou o ensino médio, devidamente identificado com o timbre, carimbo e assinatura do responsável legal pela instituição; e
  • Enviar os documentos digitalizados para o e-mail , com o título de e-mail: PSU 2014/1 – ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO
    • No corpo do texto do e-mail deverá ser escrito:
      • Nome completo;
      • CPF;
      • Número de inscrição.

Para o candidato que desejar solicitar a isenção de taxa conforme descrito no item “b” deverá apenas preencher o “Requerimento de Isenção de Taxa” disponível no site www.ifro.edu.br, que posteriormente a Comissão do Processo Seletivo Unificado 2014/1 consultará o órgão gestor do CadÚnico para constatar a veracidade das informações prestadas pelo candidato.

A relação dos candidatos contemplados com a isenção de taxa de inscrição será divulgada no site no dia 23 de outubro de 2013, a partir das 21 horas.

O candidato não contemplado com a isenção de taxa poderá participar do Processo Seletivo Unificado 2013/2 mediante o pagamento da taxa de inscrição até o dia 4 de novembro de 2013.

 

 

O NIS é o Número de Identificação Social atribuído ao membro da família no ato da inclusão dos dados no CadÚnico. (Portaria n. 177, 16/06/2011, Art. 11)

O Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) é um instrumento que identifica e caracteriza as família com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou de três salário mínimos no total. (Decreto n. 6.135/07)

 

 

O candidato que obteve a isenção de taxa terá sua inscrição confirmada automaticamente, podendo ser verificada no Cartão de Confirmação de Inscrição, que estará disponível a partir de 23/11/2013, contendo a informação “Isento” no campo de confirmação.

 

 

NÃO, porque as provas serão realizadas no mesmo dia e horário.

 

 

NÃO, pois conforme o Regulamento da Organização Acadêmica do IFRO, Art. 55, só é possível matricular-se em apenas um curso no IFRO..

 

 

Todo o candidato que não dispuser de Internet poderá utilizar os computadores disponibilizados nos Câmpus do IFRO: em Ariquemes, Cacoal, Colorado do Oeste, Ji-Paraná, Porto Velho e Vilhena. O endereço constante na página 7 do Manual do Candidato disponível no site www.ifro.edu.br

 

 

As chamadas dos aprovados acontecerão nas seguintes datas:

  • 1ª CHAMADA – 07 a 15/01/2014
  • 2ª CHAMADA – 17 a 22/01/2014
  • A 3ª CHAMADA será realizada por meio de Reunião para manifestação pública de interesse na vaga remanescente. A publicação dos convocados será no dia 24/01/2014 e a reunião acontecerá no dia 03/02/2014.

 

 

  • 1ª Chamada – 07 a 15/01/2014
  • 2ª Chamada – 20 e 22/01/2014
  • 3ª Chamada – 03 e 04/02/2014

 

 

No ato da matrícula, o candidato deverá entregar duas fotos 3x4 e os seguintes documentos (original e cópia):

  • a) Carteira de Identidade (RG);
  • b) Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • c) Certidão de Nascimento ou casamento;
  • d) Título de Eleitor com o respectivo comprovante da última votação para alunos maiores de 18 anos;
  • e) Certificado de alistamento militar (para candidatos maiores de 18 anos do sexo masculino);
  • f) Comprovante de residência (fatura de água, luz, telefone ou outro documento que comprove o endereço);
  • g) Histórico Escolar do Ensino Médio com o qual foi efetuado a inscrição;
  • h) Certificado de conclusão do Ensino Médio
  • i) Os candidatos estrangeiros devem apresentar o Registro Nacional de Estrangeiro (RNE) em substituição ao RG ou Passaporte com visto de estudante, ou outro documento que, por previsão legal, permita que o estrangeiro estude no Brasil.
  • j) Carteira de Identidade (RG) e Cadastro de Pessoa Física (CPF) do responsável legal pelo aluno com idade inferior a 18 anos;
  • k) Cartão Nacional de Saúde (Cartão do SUS);
  • l) Identidade sanguínea ou Exame laboratorial indicando o Tipo Sanguíneo e o Fator RH.

 

 

Ações afirmativas se constituem na adoção de políticas públicas que visem garantir às pessoas que fazem parte de grupos socialmente minoritários, sejam eles étnico-culturais, religiosos, sexuais ou em relação a pessoas com necessidades específicas, a compensação dos desníveis educacionais ocorridos ao longo da história e a possibilidade de acesso ao ensino técnico e ensino superior em instituições públicas.